UNA MARIJUANA, POR FAVOR

Viajei com meu marido para a paradisíaca Punta Cana. Ficamos em um resort all inclusive. Comida e bebida à vontade. Era só pedir ou pegar.

Na lista de opções de bebidas estava a Mama Juana, uma bebida típica da República Dominicana feita à base de casca de árvore e ervas embebidas em rum, vinho tinto e mel. Meu marido adorou. Variando muito pouco apesar da extensa lista de opções, ele quase sempre escolhia a Mama Juana.

Com a fala começando a ficar engrolada e a intimidade que todo candidato a bêbado vai adquirindo na medida em que o grau alcoólico vai subindo, meu marido chega no bar e faz aquele gesto que pede para o bartender se aproximar, para algo a ser falado quase como um segredo. O bartender, obviamente já acostumado com esse tipo de “intimidade” de “conversa ao pé do ouvido”, aproxima-se para ouvir o que de tão importante o ébrio brasileiro tem a pedir: “Una marijuana, por favor”.

Um comentário em “UNA MARIJUANA, POR FAVOR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: